Eu escrevo como se fosse para salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida.

(Clarice Lispector)
Minha foto
" Pedi minhas contas, viajei e caí no mundão. Vou ver o mundo tendo o mundo como anfitrião. Florestas, rios, cidades e litorais. Pessoas, sentimentos, tradições e rituais.Colocarei meus pés em trilhas, pedras, manguezais. Fazendo o elo entre meus filhos e meus ancestrais. Serei sincero com o meu verdadeiro ser. Quero servir, quero ensinar, eu vim pra aprender. "

Semeiam Comigo *

Músicas

Músicas
Dos sonhos cantados.

Os prazeres singelos são o último refúgio dos homens complicados. (Oscar Wilde)

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Das cadeiras com asas



É que às vezes eu sento e observo a vida.Tento entender sua beleza mas, ela vem a mim como uma obra de arte difusa e sem nexo. Percebo que é difícil compreender a arte quando não se faz parte dela. Ao estar alheio a vida, compreendê-la se torna algo monótono e confuso. Bom mesmo é entrar nessa arte e colori-lá ao seu modo, deixá-la com as forma do seu sorriso, do seu amor. Surpreendente é perceber que não há explicação para o seu Sol que brilha de noite e sua Lua que enfeita o dia. Na sua fantasia você tem os pincéis, então esboce o caminho de volta ou o caminho de ida. O importante é não ficar sentado em sua cadeira vendo a vida passar, a não ser, que nela você pinte asas e atrás dos sonhos você se ponha a voar.

4 comentários:

Maria disse...

A vida, para ser plena e possível, só pode ser observada pelo lado de dentro. A gente só vive dentro do quadro.

Lindo texto, moça.

beijo meu

Iasminne Fortes disse...

Acredito que nós somos tudo aquilo que amamos. Se amamos coisas boas, a nossas cadeiras sempre terão asas.

:)

Sol Estrelado disse...

Olá... amei seu cantinho.
A vida é bela, pois ela reflete nossas atitude e opções escolhidas que tomamos diante dela, e a cada obstáculo imposto por ela é pra nos transformar ou pra nos fazer cada vez mais forte.
Beijos com raios de sol.
Sol.
http://solestrelado.blogspot.com.br

C. Mary Wilde disse...

Grande identificação, Amei!