Eu escrevo como se fosse para salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida.

(Clarice Lispector)
Minha foto
" Pedi minhas contas, viajei e caí no mundão. Vou ver o mundo tendo o mundo como anfitrião. Florestas, rios, cidades e litorais. Pessoas, sentimentos, tradições e rituais.Colocarei meus pés em trilhas, pedras, manguezais. Fazendo o elo entre meus filhos e meus ancestrais. Serei sincero com o meu verdadeiro ser. Quero servir, quero ensinar, eu vim pra aprender. "

Semeiam Comigo *

Músicas

Músicas
Dos sonhos cantados.

Os prazeres singelos são o último refúgio dos homens complicados. (Oscar Wilde)

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Apenas Dance

Esse ano eu dancei. O destino me envolveu em seus braços e me mostrou o quanto ele pode ser surpreendente. A cada rodopiar me via com um parceiro diferente. Primeiro dancei um dramático tango com as minhas incertezas. Era um cruzar de pernas tão difícil, que precisei ter muita fé em meu passo para que não caísse ao chão. Quando os meus músculos já reclamavam a exaustão me vi rodopiando uma envolvente valsa com o amor. Ele me falava coisas inacreditáveis ao pé do ouvido. Meu coração se aconchegava naqueles irresistíveis galanteios. E sim, com ele eu poderia dançar eternamente. Mas foi aí, que o meu maior sonho me chamou para dançar um frevo junto a ele. Era tudo tão colorido e eu estava tão feliz que perguntei, meio desconfiada como sempre, se ele havia me levado outra vez a um sonho. E ele me disse com um tom de indignação brincalhona que daquela vez era verdade e que todo esse colorido que eu via era minha alma sorrindo para o mundo. Derrepente me vi rodopiando sozinha, num passo que eu desconhecia. Me assustei e quase pensei em desistir. Mas foi então que percebi, que no espetáculo de nossa vida não devemos ser motivados a dançar só quando temos um parceiro. As maiores dificuldades se encontram dentro de nós. Por isso, aprenda qual é o ritmo de seu coração e assim você já não estará mais sozinho. Ao se conhecer você consequentemente conhecerá a paz. E com esta, sem dúvida, você será capaz de dançar qualquer ritmo.


7 comentários:

r disse...

Não sei como o dicionário traduz o verbo "dançar". Mas pra mim, a descrição certa seria "transmitir com o corpo o que se sente".

Free. Fly.

JOSÉ RAFAEL MONTEIRO PESSOA disse...

Flor

Continue a dançar, cantar e encantar.
Ótimos dias, meses e anos.
Bjs.

Brena disse...

Eu amo esses textos que comparam, já vi um que comparava cor com sentimento e achei lindo e agora li o seu e achei maravilhoso!
Adorei a comparação do tango com a incerteza o amor com a valsa...

Achei super criativo.

Feliz Natal e um Prospero Ano Novo pra você!

dear sarah disse...

Eu quero dançar cada vez mais..
uma música de acordo com um momento da minha vida.

boas festas querida, bjs!

Bárbara Fróis disse...

As vezes a dança que a vida nos proporciona é suave, as vezes triste, as vezes agitada, e a gente tem que dançar conforme o ritmo que elas nos impõem! Adorei, bejos

Luu disse...

Oi Roberta (:
quero agradecer pelos comentários la no blog, isso me ajuda a escrever mais, e melhor.

Achei lindo a comparação da dança. Lindo.
Sou mais as minhas vaneras ;)

Beijos, Feliz Natal, e um Ano Novo cheio de ritmo pra você :*

Rebeca Amaral disse...

Que linda trajetória, flor! Adorei a forma de ver a viver como dança. Que dancemos muito em 2011, músicas doces, melodias suaves, pra sentir a plenitude dos pequenos detalhes.

Um beijo, querida. Tenha um Natal maravilhoso!