Eu escrevo como se fosse para salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida.

(Clarice Lispector)
Minha foto
" Pedi minhas contas, viajei e caí no mundão. Vou ver o mundo tendo o mundo como anfitrião. Florestas, rios, cidades e litorais. Pessoas, sentimentos, tradições e rituais.Colocarei meus pés em trilhas, pedras, manguezais. Fazendo o elo entre meus filhos e meus ancestrais. Serei sincero com o meu verdadeiro ser. Quero servir, quero ensinar, eu vim pra aprender. "

Semeiam Comigo *

Músicas

Músicas
Dos sonhos cantados.

Os prazeres singelos são o último refúgio dos homens complicados. (Oscar Wilde)

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Elas

Elas eram um (a)
sonho
pensamento
sorriso
amor
lágrima
olhar
confidência
Hoje ela são
tudo o que foram
em forma de
lembrança.
E essa, eu tenho certeza,
se faz eterna em todos os
corações.


7 comentários:

Maryama* disse...

Isso é pra acabar com o meu pequeno coraçãozinho, não é?
Sinto sua falta ♥

Lucas Tiago R. de Freitas disse...

Que seja eterno enquanto dure, e que dure para sempre.

Lucas Tiago R. de Freitas disse...

http://poesiadeclarada.blogspot.com/2010/09/que-seja-eterno-enquanto-dure-e-que.html

Espero que goste.

Algo de mim disse...

lindo lindo!
e você ainda gosta de teatro mágico.. perfeito! hahaha

Rebeca Amaral disse...

lembranças tem que ser guardadas numa caixinha revestida de seda. pra não se perderem nem se ferirem.

lindo texto, linda foto!

Luciana Mira disse...

Blogger maravilhoso! Adorei!

Priscila Bandeira disse...

Menina mas amei demais seu blog mesmo, vlh aqui em me encontrei, me reconforte, e aceitei minha vida. aain Robertaa voocê escreve mtt *-*
bjbj