Eu escrevo como se fosse para salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida.

(Clarice Lispector)
Minha foto
" Pedi minhas contas, viajei e caí no mundão. Vou ver o mundo tendo o mundo como anfitrião. Florestas, rios, cidades e litorais. Pessoas, sentimentos, tradições e rituais.Colocarei meus pés em trilhas, pedras, manguezais. Fazendo o elo entre meus filhos e meus ancestrais. Serei sincero com o meu verdadeiro ser. Quero servir, quero ensinar, eu vim pra aprender. "

Semeiam Comigo *

Músicas

Músicas
Dos sonhos cantados.

Os prazeres singelos são o último refúgio dos homens complicados. (Oscar Wilde)

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Reencontro


O coração dispara,
ele pulsa desesperado.
As pernas amolecem,o ar ao redor
derrepente se torna irrespirável.
As mãos suam,
a visão embaça devido a quantidade
incontrolável de lágrimas que chegam aos olhos.
Então, você se apega a única coisa
que de alguma forma ainda está sob controle,
você se apega àquela vontade desmedida de ter
a razão de sua vida novamente em seus braços.
E pelo o mais eterno dos segundos vocês vivem
o alívio e a paz que só o reencontro de um verdadeiro
amor pode trazer!



3 comentários:

Maryama* disse...

Foto desesperadoramente perfeita *-*
Texto maravilhosamente perfeito (L)

Roberta Blá disse...

obrigada flor!
não tem como olhar pra essa imagem e não ficar inspirada!
s2

Sour Girl disse...

ehehe passei exatamente por isso =D
aí que surgem as famosas"borboletas no estômago"
adorei hehe
bju