Eu escrevo como se fosse para salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida.

(Clarice Lispector)
Minha foto
" Pedi minhas contas, viajei e caí no mundão. Vou ver o mundo tendo o mundo como anfitrião. Florestas, rios, cidades e litorais. Pessoas, sentimentos, tradições e rituais.Colocarei meus pés em trilhas, pedras, manguezais. Fazendo o elo entre meus filhos e meus ancestrais. Serei sincero com o meu verdadeiro ser. Quero servir, quero ensinar, eu vim pra aprender. "

Semeiam Comigo *

Músicas

Músicas
Dos sonhos cantados.

Os prazeres singelos são o último refúgio dos homens complicados. (Oscar Wilde)

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Céu


Preciso de alguém que me pegue pra dançar. Que me queira não amanhã, nem daqui a cem anos. Eu quero alguém que me queira hoje e faça disso o único motivo para se ter um dia feliz. Enquanto dançamos, eu quero o seu rosto encostado no meu e nenhuma palavra precisa ser dita. Na verdade, a música cantará quão belo é esse momento. Vou ter o seu coração tão perto do meu que poderei senti-los se declarando um ao outro. Ele vai me olhar como se ainda tivesse tanto a desvendar e eu vou corar, timidamente sorrir, então colocarei minha cabeça em seus ombros e com os olhos fechados pensarei : " Como é possível amá-lo tanto sem ao menos o conhecer? ". A música continua e ele me envolve mais forte em seus braços, me beija com os olhos e me faz esquecer que há vida além daquela dança. Deixo que ele me conduza para o jardim, com a música ao fundo ele olha para cima e quando levanto a cabeça para olhar ele me beija de tal modo, me fazendo entender, que o verdadeiro amor não é aquele que aponta para o céu e diz : " olhe como é belo " , mas sim aquele que com um beijo, te leva até lá.

2 comentários:

Luu disse...

Ah que lindo!

Eu gostei muito. ;*

Menina no Sotão disse...

Então os dias passam, suas horas também e algumas coisas permanecem como se tivessem acabado de ser.

bacio