Eu escrevo como se fosse para salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida.

(Clarice Lispector)
Minha foto
" Pedi minhas contas, viajei e caí no mundão. Vou ver o mundo tendo o mundo como anfitrião. Florestas, rios, cidades e litorais. Pessoas, sentimentos, tradições e rituais.Colocarei meus pés em trilhas, pedras, manguezais. Fazendo o elo entre meus filhos e meus ancestrais. Serei sincero com o meu verdadeiro ser. Quero servir, quero ensinar, eu vim pra aprender. "

Semeiam Comigo *

Músicas

Músicas
Dos sonhos cantados.

Os prazeres singelos são o último refúgio dos homens complicados. (Oscar Wilde)

sábado, 16 de outubro de 2010

Livre


" Eu exagero nas palavras,
mas nos meus versos eu só encontro você. "

Como é difícil lidar com tantos sentimentos. Me desculpe garoto, mas você não sabe quão exaustivo é lidar com esse caldeirão aqui dentro. Eu tento, mas meus sentimentos insistem em escarpar de mim e quando vejo, eles já estão saindo da minha boca como um vendaval. Eu adoro o vento e você também. Mas eu sei que às vezes ele não arranca apenas as pétalas das flores, em muitos momentos ele nos arranca lágrimas dos olhos. Por isso que eu preciso tanto escrever. Quando estou aqui digitando essas palavras me sinto de um certo modo segura. É como seus os sentimentos dançassem calmamente em meu peito. Eles gostam da liberdade garoto. Aqui, eu não preciso reprimí-los. Aqui eles são, eu sou livre.

4 comentários:

Luu disse...

Escrever de certo modo nos acalma a alma, deixa-nos tranquilos e quando amando, somos simpáticos com as palavras.
Liberdade é a melhor palavras que existe.

Beijos ;*

O gerente disse...

tem aquelas vezes em que levar um vento forte na cara despenteia e chaqualha todo o corpo. Os ventavais sao um perigo, sem duvida alguma..rs

beijos!

JOSÉ RAFAEL MONTEIRO PESSOA disse...

Sempre intensa. Mas, os bons sentimentos são intensos. Contudo, as letras são mais leves.

Flor, apreveite o tempo, pois a maturidade só vem com ele. Espero que me entenda.

Bjs.

Rebeca Amaral disse...

Como disse Carpinejar: "Liberdade na vida é ter um amor para se prender."
É o preço que pagamos por nutrir sentimentos tão bonitos. É.

beijos.