Eu escrevo como se fosse para salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida.

(Clarice Lispector)
Minha foto
" Pedi minhas contas, viajei e caí no mundão. Vou ver o mundo tendo o mundo como anfitrião. Florestas, rios, cidades e litorais. Pessoas, sentimentos, tradições e rituais.Colocarei meus pés em trilhas, pedras, manguezais. Fazendo o elo entre meus filhos e meus ancestrais. Serei sincero com o meu verdadeiro ser. Quero servir, quero ensinar, eu vim pra aprender. "

Semeiam Comigo *

Músicas

Músicas
Dos sonhos cantados.

Os prazeres singelos são o último refúgio dos homens complicados. (Oscar Wilde)

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Medo

" O homem que nada teme é aquele que nada ama. "

11 comentários:

renata carneiro disse...

e não é?

tem selinho pra você no meu blog!
beijo.

Luana Gabriela disse...

É parece que amor e medo são realmente inseparáveis.

Bjos

Rach disse...

e eu que temo sempre tanta coisa ;)

Sαbrinα disse...

É acho que sim, pois se há amor há o termor da perda do que se ama..

:)

JOSÉ RAFAEL MONTEIRO PESSOA disse...

Pois bem, amo tudo que temo perder.

Márcia Leite. disse...

Então meu nome é medo rsrsrs!

:*
:)

André S. Lima disse...

faz sentido...

paulo disse...

eu morro de medo!

=)

Mary* disse...

É a mais pura verdade.

Flooor, tô com tanta saudade de você já.
Queria aproveitar e desejar pra você um Natal de muita paz, amor e união.
E Fé, que tudo vai dar certo ;)

Eu te amo ♥

Um grande beijo ;*

Pipa. A que sonha. disse...

É verdade. Porque quando a gente ama, alguma coisa vai crescendo por dentro, um ritmo, uma alegria, uma esperança, um botão, por puro prazer.


Um beijo

Lua disse...

è Verdade.

Feliz Natal!
Ho ho ho,
bjao!