Eu escrevo como se fosse para salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida.

(Clarice Lispector)
Minha foto
" Pedi minhas contas, viajei e caí no mundão. Vou ver o mundo tendo o mundo como anfitrião. Florestas, rios, cidades e litorais. Pessoas, sentimentos, tradições e rituais.Colocarei meus pés em trilhas, pedras, manguezais. Fazendo o elo entre meus filhos e meus ancestrais. Serei sincero com o meu verdadeiro ser. Quero servir, quero ensinar, eu vim pra aprender. "

Semeiam Comigo *

Músicas

Músicas
Dos sonhos cantados.

Os prazeres singelos são o último refúgio dos homens complicados. (Oscar Wilde)

domingo, 29 de novembro de 2009

Cicatrizes

Ela não media mais seus passos. Ela queria prosseguir sem temer os obstáculos do caminho. A risada que acompanhava a lembrança daquela queda tão desastrosa a animava. Ela não gostava de cair, a conclusão de ver o quanto se reerguer é gratificante e preciso é que a agradava. Os amigos se tornaram tão misteriosos quanto o caminho que ela prosseguia. Alguns acenavam com olhos opacos e sorriso sem brilho de amor amigo. O seu coração se apertava e isso a fazia entender que "o para sempre" só devia existir no coração daqueles que realmente sentem com verdade. Ela sabia que tropeçaria em diversos sentimentos. Mas em seu peito não havia o temor pelas cicatrizes porque essas, eram a sua história mais bem contada.

12 comentários:

Lucas Tiago disse...

"
As oportunidades surgem
Não as perca por medo
Pense, se for preciso
Pelo tempo que for preciso
Mas não desista sem tentar
Não desista sem motivos

Siga em frente
Pois só é possível avançar
Na vida
Só há passagem de ida
Ainda que os lugares sejam os mesmos
Pois eles nunca mais serão os mesmos
Você nunca mais será igual a hoje

Você só é você agora
Ainda que preserve seus valores
Suas amizades
E seu rumo na vida
Amanhã você não será quem você foi hoje
"
Lucas Tiago

Bia disse...

Nossas cicatrizes são as marcas da nossa coragem cotidiana. Lindo.

Beijo, Flor.

Maryama* disse...

Bom, talvez eu deva dizer que eu entendi bem o sentido do seu texto. Sei como você se sente e, eu me sinto assim também.
As coisas mudaram muito em relativos pouco tempo não é mesmo?
Mas não vamos deixar de acreditar no "pra sempre". Por mais incerto que seja, ele existe. E ele existe pra mim e pra você. Você sabe disso, não sabe?

Eu te amo, minha Flor mais linda ♥

Thaíse L. disse...

O seu coração se apertava e isso a fazia entender que "o para sempre" só devia existir no coração.
Adoreeeei!
Amei de verdade o seu blog.
Me indentifiquei com o jeito que vc escreve!
To seguindo!
Bjuuus, flor!

Márcia Leite. disse...

Talvez o para sempre nunca acabe, talvez os sentimentos só se transformem, e talvez o amor se transforme em sentimentos mais intensos ou mais amenos, ou até em nada mesmo!

:)

André S. Lima disse...

Adorei o trechinho que diz "Ela não gostava de cair, a conclusão de ver o quanto se reerguer é gratificante e preciso é que a agradava." me identifiquei demais com essa parte :)

beijos, Roberta :*

renata disse...

afinal, são as cicatrizes que deixam material para o baú das lembranças...

beijos!

Rach disse...

se calhar é triste mas identifiquei-me tanto com ela...
lindo!

beijo*

JOSÉ RAFAEL MONTEIRO PESSOA disse...

Olá Garota Flor... duas coisas: Primeiramente quero agradecer pela visita ao meu blog, embora faça tempo só vi hoje. Em segundo lugar parabenizo pelo seu blog e digo que as cicatrizes são os sinais que a vida nos dá para indicar o que e quanto já vivemos. Tenho várias citrizes espalhadas pelo corpo e pela alma. Enquanto estivermos vivos conquistaremos gloriosamente (ou nem tanto)inúmeras cicatrizes.

fearless. disse...

muito obrigada pelo selinho *-*
amei o seu blog também, e voce escreve mt mt bem!
desculpe nao te responder antes, estava sem tempo para entrar na internet..

beeijo.

Maria disse...

Sempre chega o dia em que as cicatrizes se tornam beleza no coração.

[Palavras lindas!]

Um beijo

Marília disse...

é fato que carregaremos cicatrizes de "sempre"... nas cicatrizes ficam impregnadas os tropeços dos sentimentos, para que assim, o sempre exista! para que o sempre fique ali naquela marca que levaremos sempre...

passarei por aqui mais vezes...

um beijo.